«

»

ago 23 2013

Salada de frutas retrocomputacional

Pois é, meus amigos, já faz um certo tempo que estou sem escrever, mas para compensar esta falta, vou tocar numa ferida aberta nas comunidades de retrocomputação, porém, com bom humor. Eu já havia pensado em fazer tópicos comparando plataformas, mas como percebi que isso não levaria a algum ponto produtivo, cheguei a conclusão de que posso comparar então os micros de 8 bits com alguma outra coisa que não sejam eles mesmos, e neste caso, escolhi as frutas, afinal de contas, no meio destes micros já tem uma maçã 😉

salada de frutas

 

Entendendo as preferências

É fato que gosto não se discute (se lamenta?). Cada um gosta de um tipo de fruta diferente, alguns gostam de frutas cítricas, outros de frutas vermelhas, tem gente que gosta de somente uma fruta, e há também quem goste de uma bela e farta salada de frutas (o meu caso).

Não paramos por aí, tem gente que tem intolerância a alguns tipos de frutas, o que vai do organismo e gosto de cada um. Não é prudente pegar uma pessoa e enfiar uma fruta goela abaixo, isso só vai fazer com que ela goste menos ainda da coisa.

Um caso comum entre os “degustadores de frutas” é o chamado “complexo de grávida”, que é quando uma pessoa vê uma foto de alguma fruta que desconheça, e de repente surge uma vontade indescritível de experimentá-la. Certas pessoas conseguem a fruta desejada (mesmo que tenha que vender um rim), enquanto outros são obrigados a experimentar o sabor artificial “estilo Tang”, chamado também de emuladores.

E aí, que tal conhecermos algumas das frutas comuns e comentarmos também sobre algumas frutas exóticas? Vamos partir direto para uma lista em forma de tópicos, uma a uma, sem ordem cronológica ou de preferência.

 

Apple II – Maçã

Apple2eSystem

Como não lembrar desta fruta? Foi uma das primeiras a se tornar realmente popular no jardim do Éden, mas infelizmente como foi a cobra (não é o Woz!) que nos trouxe, muitos ficaram viciados e foram expulsos do paraíso. Hoje no mundo moderno tem muita gente que continua viciada nas maçãs que ainda são vendidas, mas que não são tão saborosas quanto as antigas. Como sempre existiram um grupo seleto de seguidores, infelizmente o sabor do pecado continua caro, e somente aqueles de paladar refinado (e dinheiro no bolso) mantém estas frutas em seu cardápio.

A cobra, não contente apenas com um tipo de maçã, resolveu criar maçãs que cabem no bolso, e outras não tão pequenas mas que dá pra levar em qualquer lugar. Algumas são tão bonitas que dá até medo de experimentar, afinal, vai que você acaba viciando em alguma maçã moderna. Enfim, hoje em dia muita gente gosta mesmo é de comer maçã em público só pra mostrar a sua preferência e espalhar o pecado por aí 😉

A maçã foi uma das frutas mais vendidas e geneticamente recriadas, e curiosamente as cópias das primeiras maçãs tinham um sabor muito parecido com as originais, ao contrário do que acontece com as maçãs clonadas atualmente, que costumam dar uma bela indigestão.

 

Sinclair ZX81 – Limão

756559sinclair-zx81.system

O limão é uma fruta praticamente “8 ou 80”, ou odeiam, ou adoram.

Apesar de pequena, a fruta possui um sabor azedo e característico. Os degustadores mais experientes gostam da limonada pura, enquanto alguns são incapazes de experimentar o suco sem uma boa dose de açúcar e gelo.

Existem também as pessoas que não suportam o limão puro, mas quando se trata de fazer uma caipirinha ZXpand, a fruta passa a se tornar interessante dentro da mistura.

 

ZX Spectrum – Morango

01

Esta é uma fruta clássica, que manteve seu sabor e cresceu de tamanho conforme o tempo.

O morango básico de 48 gramas ainda é apreciado, mas boa parte prefere o morango de tamanho maior, de 128 gramas. Há também morangos geneticamente alterados vindos da Rússia e outros países, chegando a pesar entre 512 gramas até 4 kilos, mas estes são raros de encontrar em estado adequado para consumo.

Das frutas conhecidas, o morango é uma das que se mantém sempre em alta, prova disso é a quantidade de apreciadores espalhados pelo mundo, e que ainda inventam novas combinações de sabores para melhorar a experiência de degustação.

Uma das combinações de sabor mais preferidas é o morango com um chantilly feito especialmente para ele, chamado de DivIDE. O sabor fica tão bom que muitos sequer abrem mão desta combinação para consumir a fruta.

 

MSX – Cereja

630038MSX Turbo R panasonic_a1gt

A cereja é uma fruta às vezes controversa, pois muitos de seus degustadores não gostam de misturar seu sabor com outras frutas. Existem diversas variações de cereja, algumas bem saborosas, outras nem tanto. As cerejas com o melhor sabor costumam ter um alto preço, com valores superiores até mesmo em relação a outras frutas de maior peso.

Uma das reclamações dos consumidores de cereja é que infelizmente eles tiveram que conviver com morangos em safras passadas, contaminando e prejudicando o sabor em certos momentos de degustação.

Para consumir esta fruta, a maioria dos apreciadores gostam de misturar bebidas alcoólicas para deixar o sabor mais encorpado. As principais destilarias foram a SunRise, Carchano e Tecnobytes, sendo que esta última continua em pleno vapor, produzindo até mesmo bebidas recomendas somente para os experientes, com alto teor alcoólico, caso da V9990 Powergraph, por exemplo.

O problema são aqueles que consomem cerejas em demasia e acabam ficando viciados, e na pior das hipóteses, discutem os sabores das outras frutas como se elas também não pudessem ser apreciadas com boas bebidas.

Esta fruta é muito importante no cardápio, mas não podemos tratá-la como se existisse somente uma cereja no bolo.

 

Amstrad CPC – Amora

amstrad_cpc_6128

A amora é uma fruta bonita que possui uma cor viva e chamativa. Infelizmente ela não é tão fácil de ser encontrada em todos os cantos, mas é considerada uma fruta clássica.

Os apreciadores de amora também tiveram problemas sérios com a mistura das safras de morango, e quando isso ocorria, o sabor da amora se tornava mais fraco e com cores pálidas.

Uma das características que deixa a amora diferenciada, além da cor, são seus gomos que são bem visíveis, chamados pelos apreciadores como “gomos pixelados“, o que na verdade dá praticamente um charme na aparência da fruta.

A amora teve um baixo índice de clonagem, e seu sabor foi aprimorado algumas vezes até chegar no peso de 128 gramas, e que apesar das melhorias, na época obrigava o apreciador a degustar somente comprando caixas de 3 polegadas. Hoje o apreciador não necessita ficar preso nestes detalhes, podendo até mesmo recorrer a caixas com tamanhos praticamente ilimitados, conhecidas como HxC.

 

Commodore 64 – Laranja

Commodore64

A laranja foi considerada uma das frutas mais vendidas no mundo e igualmente apreciadas.

O problema na época é que para consumir você precisava de uma faca, e ao experimentar apertando a fruta somente com as mãos demorava demais para o suco sair. No passado os degustadores faziam suco de laranja utilizando os espremedores manuais dos modelos 1541, 1571 e similares, mas hoje em dia para apreciar um bom suco de laranja é recomendado um espremedor automático SD2IEC, que tem um custo bem acessível. E para os mais exigentes, há o juicer Ultimate 1541, mas o preço não é tão convidativo.

O fator mais apreciado na laranja é o seu sabor único e clássico, chamado de SID, e que se apreciado de forma correta, pode fazer com que o degustador passe mais tempo observando a fruta do que a consumindo ela em si.

 

Atari XL / XE – Tangerina

297922-atari_800xl_plain_white

A tangerina tem um estilo próprio, lembrando às vezes um pouco do sabor da laranja com um teor mais azedo.

O seu sabor é agraciado também com um leve gosto doce chamado Pokey, que é elogiado por uns mas criticado por outros. Há como inserir mais Pokey na tangerina, deixando-a com um sabor mais adocicado do que azedo.

Na era moderna alguns agrotóxicos aumentaram a fruta para pesar até 4 kilos, mas a verdade é que uma tangerina de 384 gramas já é mais do que suficiente para proporcionar um excelente sabor.

Para melhorar a experiência na degustação de uma tangerina, recomenda-se o juicer MyIDE, que permite fazer sucos rápidos com melhor aproveitamento da fruta.

Um fato curioso é que os apreciadores desta fruta costumam ser pessoas que gostam de outros tipos de frutas também.

 

TRS-80 – Melancia

trs80-iii

A melancia é conhecida principalmente por ser uma fruta grande e pesada. É de fácil consumo (apesar do transporte difícil) e possui um sabor bem particular e simples (devido a alta composição de água).

Existem alguns tipos de melancia com diferenças significativas no sabor e tamanho, além das clonadas que tinham outras formas e pesos.

Apesar do tamanho e estrutura aparentarem resistência, a melancia é uma fruta frágil e uma simples queda pode causar grandes danos, o que em alguns casos pode tornar a fruta imprópria para consumo.

 

Tandy Color Computer – Pera

TRS-80_Color_Computer_3

A pera é uma fruta fácil de ser consumida e com um sabor leve e clássico, considerada pelos apreciadores um item indispensável no cardápio. É possível degustá-la manualmente sem trabalho algum ou fazer sucos rápidos utilizando juicers de interface de disco.

Existem diversos tipos de peras, sendo os primeiros tipos as que mais foram geneticamente reproduzidas e apreciadas em várias partes do mundo, mudando um pouco de sabor conforme a região. De todos os tipos, a pera de 128 gramas é a preferida pelos degustadores profissionais, considerada a de sabor mais encorpado.

 

BBC Micro – Guaraná

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

O guaraná é uma fruta que pode ser utilizada para muitas finalidades, e não é comum vê-la pessoalmente em sua forma original, sendo encontrada normalmente em estado de pó ou xarope. O fato é que o consumo adequado do guaraná ocorre quando processado de alguma forma ou já misturado em algum produto comercial. Tentar consumir o guaraná puro pode não ser uma experiência tão agradável.

No Reino Unido, há anos atrás muitos estudantes consumiam o guaraná aproveitando seus efeitos estimulantes, mas hoje em dia, a maioria dos que apreciam esta fruta o fazem somente pelo seu sabor, esquecendo o quanto o guaraná pode ser estimulante.

Um novo refrigerante de guaraná, chamado Raspi, surgiu para ir além de estimular apenas o Reino Unido, e creio que talvez ele consiga cumprir este objetivo.

 

NEC PC 8801 – Mangostim

pc8801mk2sr

Esta fruta é rara e possui o apelido de “a mais saborosa do mundo”. O mangostim é de fácil degustação manual, rico em vitaminas e utilizado também medicinalmente. Sua aparência externa é comum, mas por dentro é uma fruta bem diferente das outras.

Quase que com unanimidade, os que puderam apreciar o sabor desta fruta ficaram tão fascinados que foram obrigados a encontrar alguma forma de cultivá-la a fim de saciar o desejo constante de consumo.

 

PC XT – Uva

IBM_PC_XT_01_full

A uva começou de forma tímida a conquistar o paladar de todos os degustadores. Foi considerada a fruta dos deuses em pouco tempo e nos anos seguintes surgiram tantos tipos e clones da uva, que no fim das contas ela deixou de ser consumida apenas como uma fruta e se tornou o elemento chave do vinho, bebida esta consumida pelo mundo inteiro.

No caso do vinho, existem inúmeros tipos e marcas, desde os mais baratos e comuns até os caríssimos e refinados, mas independente do tipo, o vinho acabou por embriagar a todos, que se esqueceram até mesmo da existência das frutas.

 

Conclusão

Pois é meus amigos, este texto foi bem diferente dos outros que postei até agora no site, mas espero que tenham gostado da brincadeira.

E quanto ao fadado vinho que tomamos atualmente, ao menos ainda existem os saudosistas, que mesmo embriagados por ele, não abrem mão de uma saborosa fruta 😉

14 comentários

1 menção

Pular para o formulário de comentário

  1. Emiliano

    Muito legal e criativo! Parabéns pelo texto!

    1. Mauro Xavier

      Obrigado!

  2. Leonardo

    Excelente texto. Muito legal. Pra mim o PC XT tá mais pra chuchu :) Aquela coisa aguada e sem graça que nasce em qualquer lugar.

    1. Mauro Xavier

      O chuchu tem vitaminas pelo menos…

      Se a uva tivesse continuado apenas uma uva, hoje poderíamos estar tomando outro tipo de suco popular, que tivesse mais vitamina e não embriagasse ninguém.

      O vinho, que precisou da uva para ser feito, faz bem para alguns e é intragável para outros, mas no fim, embriaga todo mundo, vira e mexe dá ressaca e ainda uma baita dor de cabeça 😉

  3. Almir

    Muito bom! Quando será a próxima análise de computadores?

    1. Mauro Xavier

      Se tudo ocorrer bem, neste fim de semana mesmo. Acabei acumulando inúmeras coisas para escrever, vamos ver se consigo dar vazão a tudo.

      Obrigado por acessar o site!

  4. Ricardo vinícius

    Mauro Parabéns, texto muito bom.
    O comparativo frutífero para cada micro foi perfeito.
    Estava tão gostoso ler o texto que fiquei com gostinho de quero mais, sentindo falta de alguns micros/frutas, tipo amigas e nosso emblemático CCE MC 1000.
    abração e bons textos.
    Ricardo Vinícius

    1. Mauro Xavier

      Não coloquei os micros de 16 bits para não ser injusto frente as plataformas de 8 bits.

      Sei que deixei de lado muitas máquinas interessantes, como o Thomson, Mattel Aquarius, Sharp MZ, CCE MC 1000, TK 2000 e outros… Mas quem sabe eu não volte atrás uma hora ou outra e dê uma atualizada nos micros mais “exóticos”.

      E obrigado por ler o texto.

  5. Angelo Tiéres

    Parabéns pelo comparativo! Seria muito interessante ver micros de 16 bits comparados também!

    No aguardo de novas análises, e ansiosamente do resultado daquele jogo Lawrezius para Apple II!

  6. Hamblam

    Cara, você esbanjou criatividade em um texto bastante divertido.

    1. Mauro Xavier

      Obrigado!

  7. Antonio Sanches Parra

    Mauro, parabéns pela ideia foi muito boa, mas onde esta o Commodore Amiga? procurei e não vi.

    Acompanhando as grandes brigas do passado com certeza o troféu limão iria para o Apple apesar do nome. – hahaha

    Abraços.

    1. Mauro Xavier

      Comparei somente micros de 8 bits, os de 16 bits são outro páreo e achei injusto colocá-los na mesma comparação. O PC-XT só entrou porque ele nasceu como um pseudo 8 bits.

      Não creio que a plataforma da Apple seria o limão, pois a empresa estava somente defendendo o que ela desenvolveu, afinal, eles perderam milhões com os clones numa época em que eles não eram tão grandes como hoje. E não foi somente clones de hardware, de software também, pois se observar a história, o PC foi um clone do primeiro Mac usando estrutura Intel através das mãos da IBM, e a primeira versão do Windows surgiu com um visual baseado na plataforma gráfica da Apple, e tudo isso graças a inocência do Jobs que emprestou um protótipo de um micro inteiro ao seu “amigo” Bill Gates. Foi desta marmelada que surgiu a briga PC + Microsoft x Apple.

      O interessante é que no fim das contas a IBM experimentou do próprio veneno poucos anos depois, e o “IBM PC” se tornou o famoso “compatível com PC” nas mãos de inúmeras empresas, e quem ganhou mesmo foi a Microsoft, que jogou areia nos olhos de todo mundo e vendeu softwares até explodir o cofrinho, e com certeza, o “titio Bill” fez tudo isso de caso pensado.

      Abraços!

      1. MSXManiac

        E por acaso Jobs era santo? Ele gostava de falar das oportunidades que a IBM perdeu (o da patente da reprografia que deu origem à XEROX e a entrada tardia na microinformática por desdenhar do mercado de micros pessoais) só que ele também perdeu uma chance de ouro quando esteve em Palo Alto no PARC. Foi lá que ele viu um filme sobre a interface gráfica que o pessoal do desenvolvimento da XEROX estava desenvolvendo no PARC. Ele mesmo admitiu em entrevista na década de 90 que ele ficou tão cego que nem prestou atenção na rede que permitia interligar os computadores do PARC e na programação orientada a objetos pois ficou embasbacado com a GUI. E não teve escrúpulo nenhum em forçar que lhe dessem uma cópia da apresentação e baseado no vídeo orientou seus programadores no sentido de que era algo assim que deveriam fazer.
        Ele pagou o preço sim por ter sido não ingênuo, mas sim arrogante. E Gates a gente sabe que até antes do processo do DOJ era tão petulante que em certo jantar junto à sua esposa chegou a dizer que era tão poderoso quanto o presidente norte-americano (e talvez fosse).

  1. Episódio 36 – Dossiê Amiga – Parte B | Retrocomputaria

    […] Salada de frutas retrocomputacional […]

Deixe uma resposta