Parem tudo que eu quero descer: Raspberry Pi com 512Mb de RAM

Estava eu fazendo minhas pesquisas diárias sobre o Raspberry Pi e sou surpreendido com o seguinte tópico no fórum oficial:

“Raspberry Pi with 512mb RAM in the Wild and Element14… stop selling 256mb.”

Isto é, o Raspberry Pi com 512Mb de RAM já está disponível e o site Element14 parou de vender a versão com 256Mb.

Não acredita? Pois saiba que alguns usuários já compraram pelo mesmo preço e estão esperando a chegada da placa, e ainda tirei um screenshot da tela da Farnell Newark UK:

Tudo indica que esta versão está sendo fabricada na China, e até o presente momento não sabemos se a versão de 256Mb continuará sendo vendida ou irá se tornar uma versão mais econômica (Modelo A?).

Enfim, creio que este ganho de memória poderá beneficiar os browsers no Linux e principalmente, quem sabe, uma versão oficial do Android 4.

Agora só nos resta esperar para ver os benchmarks e se a mudança parou por aí.

Atualização dia 15/10/12: Agora é oficial! O modelo B do Raspberry Pi passou a ser comercializado com 512 Mb de RAM por padrão.

7 comentários

Pular para o formulário de comentário

  1. Provavelmente a Farnell deve ter começando a comprar os BCM2835 com 512MB (aparentemente tanto Farnell quanto RS tem liberdade para colocar mais memória na placa-base).

    Enfim, ainda não há nada oficial no raspberrypi.org, então vou tomar como uma ‘liberdade’ da Farnell até que Eben e Liz se manifestem.

    1. Será que a Farnell e RS não tem liberdade quanto a isso? Que eu saiba não são eles que produzem as placas ou soldam os circuitos do Raspberry.

      No momento a produção do Raspberry Pi de 256Mb está sendo feita pela Sony UK, que é a placa de revisão 2 (que tem dois furos de fixação), e este modelo de 512Mb está sendo produzido na China pela mesma fábrica que trabalhou com o primeiro lote, segundo relatos de diversos usuários e do próprio site Element14.

      Creio que a manifestação oficial sobre o novo modelo não deve ter ocorrido pois ainda existem placas de 256Mb disponíveis para venda. Só o site Element14 não tem mais a versão de 256Mb.

      Obrigado pelo comentário!

      1. Pois é, o Eben acabou de se pronunciar a respeito:
        http://www.raspberrypi.org/archives/2180

        Agora é oficial mesmo! Todos os Raspi modelo B daqui em diante terão 512 Mb de RAM.

  2. Muito interessante, principalmente que agora já da para rodar N novos aplicativos com uma memória maior.

    O que me deixa triste é o fato de quem comprou com 256Mb, agora tem algo ultrapassado, nem sequer uma plaquinha de expanção tem??? Seria legal alguem inventar =D Ficaria modelo os antigos PCs, tudo com cartucho de expansão=D

    No mais, cade as experiencias com o computadorzinho???

    Grande abraço.

    1. Não considero a questão de “ultrapassado”, já que o classifico um hardware voltado para “retrocomputação moderna”.

      A memória adicional sem dúvida poderá ajudar na execução de suítes multimídia, caso do XBMC, navegação web, multitarefa e afins. Mas creio que a nível de emulação de consoles e micros antigos, não vai mudar nada… E sinceramente, isso é uma das coisas que mais me interessa nele 😉

      E fique tranquilo, o próximo post será sobre a experiência na emulação de consoles antigos, tudo bem detalhado.

      Abraços!

  3. Se vcs acham que o Rasp de 512 é bom, imagine este na mão: http://cubieboard.org

    Cubieboard

    A small, high-performance arm box

    1G ARM cortex-A8 processor, NEON, VFPv3, 256KB L2 cache
    Mali400, OpenGL ES GPU
    512M/1GB DDR3 @480MHz
    HDMI 1080p Output
    10/100M Ethernet
    4Gb Nand Flash
    2 USB Host, 1 micro SD slot, 1 SATA, 1 ir
    96 extend pin including I2C, SPI, RGB/LVDS, CSI/TS, FM-IN, ADC, CVBS, VGA, SPDIF-OUT, R-TP..
    Running Android, Ubuntu and other Linux distributions

    Pena que só tem na china para vender.

    1. Logo veremos este tipo de hardware para cá também.

      A verdade é que o Raspberry Pi abriu caminhos e possibilidades, e agora muitos outros irão pegar carona e nós é que seremos os beneficiados.

      Que venham até mesmo os ARM’s dual ou quad core a preço de banana, e acho que não demora pra chegar a este ponto.

Deixe uma resposta